+55 (11) 2099-9939 comercial@advancedinfo.com.br

Microsoft Windows Server 2016

O Windows Server 2016 permite que você previna ataques e detecte atividades suspeitas com novos recursos para controlar acesso privilegiado, proteger máquinas virtuais e fortalecer a plataforma contra ameaças emergentes.

Microsoft Windows Server

A computação na nuvem apresenta oportunidades

A adoção da nuvem está em ascensão, com 87% das organizações dizendo que planejam mesclar seus datacenters na infraestrutura local com uma nuvem híbrida ou com a nuvem pública, com base em uma pesquisa recente (2017 IDC Worldwide Public Cloud Services Spending Guide). Como profissional de TI, você tem uma oportunidade de aumentar e aproveitar seu conjunto de habilidades existente arquitetando, migrando e gerenciando software na nuvem. Talvez a gerência superior já tenha emitido uma ordem para começar a mover os workloads e os aplicativos. Ou talvez o próximo fim de suporte ao Windows Server 2008 em janeiro de 2020 esteja levando a pensar na possibilidade de uma plataforma de nuvem.

O Windows Server 2016 é a solução ideal para ambientes físicos ou levemente virtualizados

A licença dá direito a ambientes de sistema operacional (OSEs ou máquinas virtuais) ou Contêineres do Hyper-V. São necessárias CALs (client access licences) para cada usuário ou dispositivo que vá acessar o servidor.

Infraestrutura definida por software

O Windows Server 2016 oferece um sistema operacional mais flexível e eficiente em termos de custos para seu data center, fazendo uso de recursos de virtualização de computação, armazenamento e rede definidos por software inspirados no Azure.

Segurança integrada

O Windows Server 2016 permite que você previna ataques e detecte atividades suspeitas com novos recursos para controlar acesso privilegiado, proteger máquinas virtuais e fortalecer a plataforma contra ameaças emergentes.

Aproveite ao máximo o Windows Server

O Windows Server é o sistema operacional que conecta ambientes na infraestrutura local com o Azure, incluindo camadas adicionais de segurança e ajudando você a modernizar aplicações e infraestrutura.

Perguntas frequentes

Comece com uma estratégia

A transformação para a computação na nuvem é uma grande oportunidade para os profissionais de TI, mas não é algo para se entrar de olhos fechados. Há questões de negócios, questões financeiras, e uma ampla variedade de questões tecnológicas a serem encaradas em primeiro lugar. Algumas dessas questões incluem:

  • Quais benefícios (ou seja, agilidade, economia de custos, escalabilidade, etc) estamos esperando da nuvem e como priorizá-los?
  • Qual é o nosso roteiro de curto e de longo prazo para migrar para a nuvem?
  • Qual é o meu roteiro pessoal para adquirir as habilidades necessárias em nuvem?
  • Devemos usar um parceiro certificado do Azure? Caso positivo, qual deles?
  • Que servidores, aplicativos e dados devem permanecer no datacenter e o que deve ser baseado em nuvem?
  • Como podemos continuar a obter o máximo benefício dos investimentos existentes?
  • Como queremos projetar soluções futuras para melhor aproveitar a nuvem?
Entenda o novo modelo de custos da TI

Toda estratégia de nuvem deve envolver uma análise da relação de custo-benefício e do retorno sobre o investimento. Migrar para a nuvem revoluciona a economia tradicional da TI. As despesas com os computadores eram tratadas como qualquer outra despesa de capital: geralmente uma compra única, seguida de vários anos de depreciação. Conforme o crescimento das empresas, mais capital era gasto na construção de novos datacenters e ainda mais computadores.

Com a computação em nuvem, as empresas pagam pelo que utilizam, apresentando um modelo de despesa operacional baseado em assinaturas. Os serviços tornam-se essencialmente medidos pelo uso, o que significa que quanto mais você usa mais será cobrado. O modelo de OpEx é mais flexível e mais previsível ao longo do tempo. Para ajudar a gerenciar os custos, a Microsoft fornece várias calculadoras e ferramentas de planejamento de capacidade. O Gerenciamento de Custos do Azure (também conhecido como Cloudyn) permite que você controle o uso da nuvem e as despesas de seus recursos do Azure e de outros provedores de nuvem.

Economize em VMs do Azure com suas licenças do Windows Server

Ok, então a nuvem transfere muitos custos para um modelo de assinatura com base em OpEx, um modelo de assinatura que você paga pelo que usa. Mas e as licenças existentes do Windows Server? Com o Benefício Híbrido do Azure, você pode usar as licenças existentes do Windows Server com Software Assurance para economizar em máquinas virtuais no Azure. Para cada licença do Windows Server, a Microsoft cobrirá o custo do sistema operacional em até duas máquinas virtuais no Azure, enquanto você paga somente a tarifa base. Se estiver executando o Datacenter Edition, você poderá continuar a usar a licença na infraestrutura local enquanto adiciona duas máquinas virtuais no Azure com um desconto. (Por outro lado, se usar licenças da Standard Edition, você poderá usar cada licença somente em um lugar: na infraestrutura local ou no Azure.)

Se deseja habilitar um modelo de nuvem híbrida ou migrar completamente para a nuvem, você poderá maximizar o valor das licenças existentes para tornar o Azure a nuvem mais econômica para os workloads do Windows Server.

  • Economize até 40% em máquinas virtuais do Azure com o Benefício Híbrido do Azure.
  • Aumente a economia para 82% ao reservar também as instâncias de máquina virtual do Azure por períodos de um ano ou de três anos.

Para ajudá-lo a entender o tamanho da economia, use esta calculadora online.

As máquinas virtuais do Azure dão a você a flexibilidade de virtualização para uma ampla variedade de soluções de computação com suporte para Linux, Windows Server, SQL Server, Oracle, IBM, SAP e muito mais. Selecione entre uma grande variedade de tamanhos de máquina virtuais. A maioria dos casos incluem balanceamento de carga e dimensionamento automático gratuitamente.

O que fazer primeiro: migrar ou estender?

O Azure permite que a IT crie e configure rapidamente novas máquinas virtuais do Windows Server. Com as ferramentas e procedimentos adequados, você pode literalmente configurar milhares de servidores (VMS) na nuvem em minutos, em comparação com as semanas que normalmente se leva para configurar servidores na infraestrutura local. Além disso, com datacenters em 19 regiões ao redor do mundo, o Azure alcança 99,95% de disponibilidade, juntamente com suporte 24 horas, todos os dias, e o constante monitoramento da integridade.

É claro que, apenas ter uma porção de VMs no Azure não valerá muito se você não colocar aplicativos nelas. Para garantir o sucesso da adoção do Azure de sua organização, é importante considerar as necessidades de seu negócio e os requisitos de seus aplicativos. Você precisará determinar:

  • Quais aplicativos você pode fazer o “lift and shift” diretamente para a nuvem?
  • Quais aplicativos se beneficiam da integração com os serviços do Azure?
  • Quais aplicativos requerem uma transformação ou rearquitetura?

 

Somos uma empresa especializada em Microsoft Windows Server

Eleve sua postura de segurança protegendo seus servidores, começando pelo sistema operacional.

Ligue ou mande mensagem: (11) 98999-0306